Mulheres marcham em defesa da Democracia, Direitos e Soberania

Publicado em 09 de março de 2018 às 10h59min

Tag(s): 8 de março



Em ato unitário, mais de 90 coletivos feministas de todo o Estado do Rio Grande do Norte protagonizaram a defesa da Democracia, da Soberania e da Previdência Social nas ruas da capital potiguar na tarde desta quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional de Luta das Mulheres.

Para a professora Gilka Pimentel, vice-presidente do ADURN-Sindicato, a data foi muito além do perfil comemorativo e reforçou, com energia, alegria e muita criatividade a luta e resistência das Mulheres por Direitos, Liberdades Democráticas e contra as violências.

Ao longo da caminhada, que seguiu da sede do INSS, localizada na Rua Apodi, no bairro de Cidade Alta, até o bairro da Ribeira, palavras de ordem, faixas, cartazes e artes reforçaram a necessidade de enfrentamento ao maior retrocesso das políticas feministas que o governo Temer (PMDB) quer impor aos brasileiros e defenderam a ampliação do protagonismo e representação política da mulher, em todos os níveis..

Além de Natal, o ato contou com a participação de caravanas de Parnamirim, Ceará-Mirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi, São Miguel do Gostoso, Santa Cruz, Montanhas, Mossoró, Caicó e Currais Novos. 

Entre as organizações que participaram da manifestação, destacam-se a Frente Brasil Popular, Frente Povo sem Medo, Marcha Mundial das Mulheres, Levante Popular da Juventude, MST, Fetarn, Fetraf, CUT, CTB, Intersindical, PT, PC do B, PSOL e PCO. O mandato do deputado estadual Fernando Mineiro (PT) foi um dos apoiadores do ato unificado, juntamente com os mandatos da senadora Fátima Bezerra (PT) e das vereadoras petistas Natália Bonavides (Natal) e Isolda Dantas (Mossoró). 

Com informações do mandato do deputado estdual Fernando Mineiro

Fotos: Vlademir Alexandre

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br