6ª Edição do Café da Manhã em comemoração ao Dia do Aposentado reúne cerca de 80 docentes

Publicado em 25 de janeiro de 2019 às 10h20min

Tag(s): Aposentados



Reunir os docentes aposentados em um espaço de confraternização e celebração ao papel exercido pelos que construiram a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é com este objetivo que pela 6ª vez consecutiva o ADURN-Sindicato promove, em parceria com a Associação dos Professores da UFRN (APURN), o Café da Manhã do Aposentado. Este ano a atividade está incluída no calendário das comemorações dos 40 anos da Entidade e foi realizada nesta quinta-feira, dia 24, data alusiva ao Dia Nacional do Aposentado, no restaurante da APURN, contando com a participação de cerca de 80 docentes.

A abertura do café foi realizada pelo coral do Sinta Amor, projeto de acolhimento e atenção aos Professores Aposentados da UFRN, que mantém uma parceria com o ADURN-Sindicato há 8 anos. Na ocasião o grupo apresentou um repertório que passou por clássicos da Música Popular Brasileira como as canções "Marcas do que se foi" e "É preciso saber viver".

Presente ao evento a reitora Ângela Paiva Cruz ressaltou a importância da realização do encontro como reconhecimento da contribuição dos docentes aposentados. “De fato eles são os grandes responsáveis pela existência e construção da nossa universidade, eu acho que essa é uma atividade dignificante que valoriza a participação deles, pois o professor quando se aposenta não deixa de ser professor da universidade, ele apenas entra em um ritmo de produção em que pode escolher o que fazer, mas ele continua nosso. Então a UFRN, o sindicato e associações valorizam isso”, disse a reitora.

O presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte, aproveitou a oportunidade para fazer um alerta sobre os desafios a serem enfrentados para garantir os avanços aos docentes aposentados no debate sobre a reforma da previdência e em defesa da autonomia universitária. “É uma batalha difícil, é uma batalha que muitos julgam ser inglória, mas se a gente não lutar, não teremos nem o sentimento de que lutamos contra isso. Além disso devemos nos manter em defesa da universidade, pois ela está sob ataque feroz como nunca se viu nem na época do Regime Militar”, afirmou Wellington Duarte.

A professora aposentada Edna Marques, que busca sempre participar das atividades propostas para os aposentados, destacou a importância do evento: “É uma iniciativa muito boa, agradável e necessária. Nós que somos aposentados estamos um pouco afastados e aqui a gente tem informações além de um momento de reencontro dos colegas”, disse.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br