Precatórios: 328 professores que não constaram nos cálculos apresentados pela PGF serão incluídos em Acordo e deverão comparecer à Assembleia dia 30

Publicado em 27 de novembro de 2018 às 09h40min

Tag(s): Precatórios



Trezentos e vinte e oito docentes que não constaram nos cálculos apresentados pela Procuradoria Geral Federal no processo dos Precatórios serão incluídos no Acordo que estará em debate na Assembleia do próximo dia 30 de novembro.

Marcada para às 14h, no auditório da reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a Assembleia será o espaço para que os docentes possam decidir pela realização de um acordo para o recebimento dos valores na ação dos Precatórios.

Desde o último mês de agosto o Tribunal Regional do Trabalho (TRT 21) decidiu suspender o andamento da ação e buscar junto à Procuradoria Geral Federal (PGF), com a banca de advogados que está à frente da execução do processo, um acordo que pudesse atender aos beneficiários.

Após uma série de reuniões em Brasília, nesta quarta-feira (21), a PGF sinalizou a possibilidade de efetivar um acordo até o final do ano de 2018, tendo por base a decisão que homologou os cálculos apresentados pela própria Procuradoria em 2015. Isso significa que, caso o acordo seja aprovado em assembleia, será pago a cada beneficiário os valores referentes aos atrasados no período compreendido entre julho de 1987 a outubro de 1989 (26,06% - Plano Bresser) e fevereiro de 1989 a abril de 1989 (26,05% - Plano Verão).

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br