GT Educação do PROIFES debate autonomia, Future-se e mercantilização do ensino superior no Brasil e na AL

Publicado em 26 de novembro de 2019 às 09h30min

Tag(s): GT Educação



O Grupo de Trabalho – Educação, do PROIFES-Federação, reuniu-se no sábado, dia 23, na sede da entidade, em Brasília, para debater a privatização do ensino superior no Brasil e na América Latina, o projeto Future-se e seus desdobramentos sobre a gestão financeira e autonomia das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), e a participação do PROIFES no Grupo de Trabalho sobre Educação Superior promovido pela presidência da Câmara dos Deputados.

A resposta do Estado brasileiro às ações dos grandes conglomerados internacionais de educação, que têm ampliado sua presença e atuação na América latina promovendo uma política de mercantilização da educação superior no continente, foi um dos principais temas debatidos nesta reunião do GT.

“Vamos elaborar um diagnóstico sobre o efeito destas ações privatistas na educação superior no Brasil, o quanto elas afetam a política de Estado brasileira e sua população”, explicou o coordenador do GT, Lúcio Vieira (ADUFRGS-Sindical):

Ações do PROIFES e seus sindicatos federados em defesa da autonomia universitária, nas duas casas do parlamento, com especial atenção ao Projeto de Lei 4992/2019, de autoria do deputado Gastão Vieira (PROS-MA), também estiveram na pauta da reunião do GT. “Discutimos uma estratégia de atuação junto ao Congresso Nacional e parlamentares de todas as matizes, para apresentar a proposta de regulamentação da autonomia universitária elaborada pelo PROIFES”, destacou Alex Galeno (ADURN-Sindicato):

O projeto Future-se, que pretende flexibilizar a autonomia de gestão e financiamento das IFES, também foi tema desta reunião do GT que foi a primeira após a apresentação oficial do projeto, conforme destaca Marta Lícia (APUB-Sindicato):

Participaram também desta reunião do GT Educação: Sônia Mara M. Ogiba, César Bastos de Mattos Vieira e Simone Vacaro Fogazzi (ADUFRGS-Sindical), Geovana Reis (ADUFG-Sindicato), Gil Vicente Reis de Figueiredo e Matilde Alzeni dos Santos (ADUFSCar-Sindicato), Rosangela Gonçalves de Oliveira e Adnilra Selma Moreira da Silva Sandeski (SINDIEDUTEC-Sindicato), Sílvia Maria Leite de Almeida (APUB Sindicato).

Fonte: PROIFES-Federação

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br