Cerca de 5 mil manifestantes participam do 1º de Maio contra o golpe em Natal

Publicado em 02 de maio de 2016 às 14h27min

Tag(s): 1° de Maio



Como contraponto às ameaças aos direitos trabalhistas e à democracia, trabalhadores e trabalhadoras saíram às ruas e praças das cidades brasileiras neste domingo, 1º de maio. Além das bandeiras trabalhistas fundamentais, na centralidade da agenda a luta contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Os manifestantes buscaram mostrar à sociedade as consequências da implementação do programa que o PMDB quer implementar em um eventual governo de Michel Temer, que pretende flexibilizar a legislação trabalhista e desvincular receitas da União para saúde e educação.

Em Natal, a manifestação teve caráter classista, com concentração na Praça das Flores, em Petrópolis. Em seguida, cerca de 5 mil manifestantes seguiram em caminhada até a Praia do Meio, onde um ato público encerrou a celebração.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br