Em entrevista, presidente do ADURN-Sindicato avalia primeiro evento do "Na Trilha da Democracia"

Publicado em 24 de fevereiro de 2016 às 14h34min

Tag(s): Na Trilha da Democracia



Após o sucesso no evento de abertura do projeto "Na Trilha da Democracia", realizado no último dia 22 de fevreiro com a palestra do jornalista Paulo Henrique Amorim, o presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte, faz uma avaliação deste primeiro debate com a sociedade e explica qual o objetivo do ciclo de palestras.

Como você avalia este primeiro evento do projeto "Na Trilha da Democracia"?

Como um sucesso. O ADURN-SINDICATO, o SINDIPETRO e a FRENTE BRASIL POPULAR, encararam o desafio de quebrar o marasmo que vivemos, atordoados por ataques diários à democracia, feito por setores oligopolizados da mídia e por agentes públicos com claríssimas intenções de tumultuar o ambiente institucional, podendo levar à quebra da normalidade democrática. A ação, ousada em sí mesma, revela que o ADURN-SINDICATO não se propõe, pelo menos nesta gestão, a ser um agente passivo diante dos movimentos da sociedade. Nós vamos, nos nossos limites e nas nossas capacidades, dialogar com os setores democráticos, patriotas e progressistas de Natal, do RN e do Brasil.

Ocorreram dificuldades devido à capacidade limitada do auditório e a incompreensão de algumas pouquíssimas pessoas sobre a questão da segurança do evento. De qualquer forma disponibilizamos um telão que ficou em local apropriado e as pessoas que infelizmente não puderam entrar no auditório, puderam assistir, com alta qualidade de imagem e som, a palestra.

Organizar um evento deste porte foi difícil?

Sim. Não é fácil articular uma palestra com uma pessoa nacionalmente conhecida devido aos seus compromissos, mas a articulação feita pelo grupo que está frente do Projeto “Na Trilha da Democracia” resultou na vinda de Paulo Henrique Amorim. Além disso, o trabalho da nossa equipe de Comunicação foi fundamental para que pudéssemos montar uma estrutura que desse visibilidade ao evento e por fim a nossa equipe de funcionários, sem a qual a organização da estrutura do evento não teria sido possível.

Como foi pensado o projeto"Na Trilha da Democracia"?

Foi pensado pela Diretoria como uma forma de o Sindicato levar à sociedade discussão sobre temas que estão presentes na luta política, que obviamente tem reflexos no cotidiano dos trabalhadores, bastando lembrar as dificuldades que encontramos na Campanha Salarial de 2015, nesse ambiente conturbado. Ele será feito no decorrer de 2016.

O projeto conta com parcerias?

Para este evento as entidades (ADURN-SINDICATO e SINDIPETRO) e a FRENTE BRASIL POPULAR preferiram avaliar o potencial do projeto para os próximos eventos. Agora vamos nos debruçar sobre ele, observar o que deu certo e o que não deu e, a partir daí, melhorar nosso trabalho a cada evento. Qualquer entidade que queira se engajar no perfil do Projeto será bem-vinda e poderá nos apoiar nessa empreitada.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br