Segundo dia de debates inicia com RSC e novas mudanças na aposentadoria

Publicado em 06 de agosto de 2016 às 14h13min

Tag(s): Encontro



Debates do terceiro dia da 12ª edição do Encontro Nacional do PROIFES-Federação iniciam neste sábado (6) com discussão do Reconhecimento de Sabres e Competências (RSC) da carreira do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT) e novos protestos ao governo interino do vice Temer, com motes e placas pedindo “Fora Temer”.

O professor Valdemir Alves Júnior, presidente do Sind-Proifes, fez um breve balanço dos dois anos de início do processo do RSC e criticou àqueles que consideram este instrumento corporativo. “Este foi um processo de valorização do professor pensado, proposto, negociado e efetivado pelo PROIFES e muito bem fundamentado por um Conselho, plural em sua composição”, pontuou.

O dirigente ressaltou, ainda, a necessidade de “levar essa ferramenta aos colegas aposentados e à carreira do Magistério Superior”.

As novas mudanças na aposentadoria e a regulamentação da Previdência Complementar também foram discutidas na manhã de hoje. O presidente do PROIFES-Federação, Eduardo Rolim, defendeu a intensificação da luta contra a nova Reforma da Previdência proposta pelo governo interino.

“Precisamos colocar na ordem do dia a luta contra qualquer nova Reforma da Previdência sem que antes se tenha uma real e efetiva Reforma Tributária, que promova distribuição de renda, com taxação das grandes fortunas, das transações financeiras especulativas e a efetivação da distribuição dos recursos de royalties de riquezas minerais para a área social”, afirmou Eduardo.

Ao reafirmar a posição contrária do PROIFES ao FUNPRESP e a favor da aposentadoria integral, o presidente da Federação ressaltou a necessidade em compreender a correlação de forças e a realidade dos professores que ingressaram após fevereiro de 2013 e em dar suporte ao grupo de trabalho de modo a garantir uma boa gestão e uma aposentadoria digna.

ADURN Sindicato
84 99112-8841 • secretaria@adurn.org.br