Palestra com Emir Sader dá sequência ao Na Trilha da Democracia

Publicado em 01 de dezembro de 2016 às 10h04min

Tag(s): Na Trilha da Democracia



Reconhecido como um dos principais sociólogos e cientistas políticos do Brasil na atualidade, Emir Sader vem à Natal na próxima quarta, 7, para proferir palestra na sexta edição do projeto  Na Trilha da Democracia e debater o cenário complexo e adverso e alternativas à instabilidade política e econômica.

O evento, marcado para às 19h, no auditório Otto Brito de Guerra, prédio da Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), é gratuito, aberto ao público e integra o ciclo de discussões que o ADURN-Sindicato, o SINDIPETRO-RN e a Frente Brasil Popular têm promovido ao longo deste ano, em parceria com outros sindicatos e movimentos sociais. 

Na oportunidade, Emir Sader faz o lançamento do livro “O Brasil que queremos”, organizado por ele, e que traz uma série de ensaios de intelectuais e acadêmicos brasileiros apontando seus pontos de vista sobre o futuro do país.

Quem é Emir Sader

De origem libanesa, é graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo, mestre em filosofia política e doutor em ciência política por essa mesma instituição. Nessa mesma universidade, trabalhou ainda como professor, inicialmente de filosofia e posteriormente de ciência política. Trabalhou também como pesquisador do Centro de Estudos Sócio Econômicos da Universidade do Chile e foi professor de Política na Unicamp. Atualmente, é professor aposentado da Universidade de São Paulo e dirige o Laboratório de Políticas Públicas (LPP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde é professor de sociologia.

Pensador de orientação marxista, Sader colabora com publicações nacionais e estrangeiras e é membro do conselho editorial do periódico inglês New Left Review. Presidiu a Associação Latino-Americana de Sociologia (ALAS, 1997-1999) e é um dos organizadores do Fórum Social Mundial.

É autor de uma vasta obra bibliográfica, composta por 96 livros (entre autoria, co-autoria e organização), 154 publicações como capítulos de livros, 243 em periódicos e 736 em jornais de notícias e revistas. Foi ainda o organizador (com Ivana Jinkings, Carlos Eduardo Martins e Rodrigo Nobile), autor e principal idealizador da Latinoamericana: Enciclopédia Contemporânea de América Latina e do Caribe, vencedora do prêmio Jabuti de melhor livro do ano de não-ficção em 2007.

Entre seus livros mais recentes estão A nova toupeira – Os caminhos da esquerda latino-americana – traduzido e publicado na Argentina, na Espanha e na Inglaterra –, de sua autoria, e O Brasil, entre o passado e o futuro – este organizado em parceria com Marco Aurélio Garcia –, ambos publicados pela Boitempo Editorial.

ADURN Sindicato
84 99112-8841 • secretaria@adurn.org.br