Dia do Professor: A luta é por uma universidade pública, gratuita e inclusiva

Publicado em 11 de outubro de 2017 às 18h01min

Tag(s): Dia do Professor



Congelamento dos gastos públicos com saúde e educação pelos próximos vinte anos, precarização do trabalho, retirada de direitos dos servidores públicos, ataques ao ensino superior gratuito e universal... É diante desse cenário que chegamos a mais um 15 de outubro, data em que se comemora no Brasil o Dia do Professor. Em 2017, no entanto, não há muito o que comemorar.

Nesse sentido, o ADURN-Sindicato resgata o protagonismo histórico da luta do Movimento Docente no desenvolvimento da educação pública brasileira e convida os professores a fazerem uma reflexão sobre o seu papel no enfrentamento às ameaças que estão sendo impostas pelo governo Temer.

As lutas concretas da Comunidade Acadêmica, em particular do Movimento Docente, na busca de assegurar as condições essenciais ao exercício do serviço público: o reconhecimento, o financiamento responsável, a remuneração justa, boas condições de trabalho e, essencialmente, a autonomia funcional e a liberdade de organização sindical, foram e continuam sendo de fundamental importância na conquista do Estado Democrático de Direito.

Diante disso, nesta data, o ADURN-Sindicato reitera o seu compromisso com a defesa de uma universidade pública, gratuita e inclusiva e assim, parabeniza aos docentes pelo seu dia.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br