8 de março mobiliza protestos contra os retrocessos do governo Bolsonaro

Publicado em 07 de março de 2019 às 16h23min

Tag(s): 08 de Março



Com destaque à simbologia de luta da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), coletivos feministas de todo o Estado do Rio Grande do Norte saem às ruas da capital potiguar na tarde desta sexta-feira, 8 de março, Dia Internacional de Luta das Mulheres, contra os retrocessos do governo Bolsonaro.

O ADURN-Sindicato se soma a esta luta por Direitos, Liberdades Democráticas e contra as violências conclamando os professores a participarem da marcha em Natal, marcada para as 15h, em frente à sede do INSS, na rua Apodi, em Natal (RN).

Com o lema "Mulheres contra Bolsonaro! Vivas por Marielle, em Defesa da Previdência, por Democracia e Direitos", os coletivos deverão reforçar a necessidade de enfrentamento ao maior retrocesso das políticas feministas que o governo Bolsonaro quer impor aos brasileiros e defender a ampliação do protagonismo e representação política da mulher, em todos os níveis.

Além da reforma da previdência, protestos contra o machismo, a violência de gênero, a desigualdade, o racismo e o preconceito contra pessoas LGBTs deverão pautar a manifestação em Natal.

ADURN Sindicato
84 99112-8841 • secretaria@adurn.org.br