Documentário sobre ativista dos Direitos Humanos será exibido na UFRN

Publicado em 22 de maio de 2019 às 10h05min

Tag(s): Direitos Humanos




Por Rafael Duarte

Advogado e ativista dos Direitos Humanos no Rio Grande do Norte, Marcos Dionísio Caldas (1961 – 2017) terá sua vida e trajetória contadas em documentário.O lançamento de “A Rua Grita Dionísios” acontece na próxima quinta-feira (23), a partir das 18h30, no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede, na UFRN.

O filme é dirigido por Anália Alencar e Sérgio Ferro.

Após a exibição do documentário haverá debate sobre o processo de produção com a equipe realizadora, abordando temáticas como cultura em direitos humanos e segurança pública na contemporaneidade.

O filme relata a trajetória de militância em Direitos Humanos de Marcos Dionísio Medeiros Caldas, partindo de uma narrativa subjetiva e feminina que tece os pontos de intersecção entre a história de vida de Marcos e a atual crise de violência e desigualdade social no Rio Grande do Norte.

Marcos Dionísio foi presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos e se destacou como um grande mediador de conflitos. Ele esteve à frente, por exemplo, do comitê popular da Copa, que ajudou a evitar a desapropriação de dezenas de moradores em razão das obras do Mundial de 2014 organizado pela Fifa no Brasil.

Filiado ao PCdoB, Marcos Dionísio morreu em 2017 em decorrência de câncer.

O evento é uma realização do Centro de Referência de Direitos Humanos Marcos Dionísio, Adurn-Sindicato, Sinsenat, além dos mandatos do deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) e da deputada federal Natália Bonavides (PT).

Fonte: Saiba Mais

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br