Em consulta eletrônica, docentes da UFRN reafirmam rejeição ao Future-se

Publicado em 13 de setembro de 2019 às 18h16min

Tag(s): Future-se



Marcado pela falta de diálogo e apresentado num contexto em que as universidades federais se encontram ameaçadas pelo estrangulamento financeiro, o Future-se foi rejeitado por 96,5% dos 671 docentes da UFRN que participaram da consulta eletrônica realizada entre os dias 11 e 13 de setembro.

O programa já tinha sido rejeitado pela unanimidade dos professores presentes à Assembleia realizada pelo Sindicato no dia 27 de agosto, mas a diretoria quis ampliar a consulta à toda categoria, permitindo que os não sindicalizados também pudessem opinar sobre o Future-se.

O sistema de votação foi aberto após a realização de debates nos Centros, por meio de suas unidades acadêmicas e dos seus conselhos, compostos por representantes dos três segmentos acadêmicos – discentes, técnicos e docentes.

Ao avaliar o resultado da votação eletrônica, o presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte, defendeu que “antes de debater novas formas de arrecadação, as universidades precisam enfrentar a limitação posta pela Emenda Constitucional 95, e os cortes no orçamento que já refletem prejuízos no seu cotidiano, para a pesquisa e resultaram na suspensão de editais e corte de bolsas”.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br