Comunidade UFBA disse não ao “Future-se” e aguarda posição oficial no dia 29 de outubro

Publicado em 21 de outubro de 2019 às 10h48min

Tag(s): Future-se



Desde o anúncio do “Future-se” pelo Ministério da Educação, a APUB vem participando de uma série de atividades para discutir o que está sendo proposto e suas ameaças, tal como para reafirmar a concepção de Universidade pública, gratuita e autônoma. Além dos momentos formativos promovidos pelo sindicato – seminário de formação sobre o “Future-se” e seminário nacional sobre autonomia e financiamento – a APUB esteve em diversas unidades da UFBA debatendo com professoras/es o conteúdo e intenções apontadas pela minuta do projeto. Embora tanto a categoria docente, em Assembleia, quanto a comunidade da UFBA, em Plenária Unificada dos 4 setores, já tenham manifestado seu repúdio ao “Future-se”, o Consuni ainda não se pronunciou oficialmente a respeito do projeto, cuja versão definitiva foi publicada no dia 16 de outubro (veja aqui). A expectativa é de que o posicionamento da UFBA – que será deliberado no dia 29 de outubro, em reunião extraordinária do Consuni, às 14h30, na reitoria, antecedendo a abertura do Congresso da universidade – reflita as inúmeras e contínuas manifestações de sua comunidade contrárias à adesão. 


A APUB realizou um levantamento de como as universidades federais têm se manifestado em relação ao Future-se; até o momento, 54% delas se colocaram oficialmente contrárias – considerando como critério o posicionamento dos respectivos Conselhos Universitários. O levantamento será atualizado periodicamente, acompanhando a repercussão da versão final do texto do projeto de lei.

Fonte: Ascom APUB-Sindicato

 
ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br