Docentes concordam com a retomada das aulas de forma remota na UFRN e reforçam a necessidade de um planejamento

Publicado em 13 de julho de 2020 às 13h51min

Tag(s): Enquete



A enquete realizada na página do ADURN-Sindicato, com o objetivo de ouvir a opinião dos docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sobre as aulas remotas, está encerrada. Aberta entre as 22h do dia 8 e as 12h do dia 13 de julho, a consulta contou com a participação de 310 docentes da UFRN, todos da ativa. A meta era ouvir pelo menos 238 professores.

75,8% dos participantes concordam com a retomada das aulas de forma remota e, dentro desse grupo, 33,5% se remetem à necessidade de um planejamento de estratégias articuladas com a comunidade universitária e escolar, prevendo condições adequadas de acesso às ferramentas tecnológicas para alunos e professores. Por outro lado, 45,2% dos que responderam à enquete defendem que as aulas remotas retomem o semestre de 2020.1.

Dos 24,2% que discordam do retorno, 69,3% trataram das questões do planejamento estratégico e da falta de garantias para o trabalho nos laboratórios, enquanto 16,1% defenderam que só quando as condições sanitárias permitirem é que se deveriam retomar as atividades.

Para o presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte, "a enquete, em primeiro lugar, reitera a posição do Sindicato, em querer ouvir o professor sobre sua percepção sobre o retorno as atividades acadêmicas, que certamente atingirá em cheio sua vida laboral; segundo, ao ultrapassarmos a meta pretendida, consolidou-se a imagem de que o ADURN-Sindicato é uma legítima representação dos professores e deve estar permanentemente envolvido nas discussões que afetam sua vida", afirmou o dirigente.

A partir do resultado da enquete, o ADURN-Sindicato pretende aprofundar o debate com quem terá a responsabilidade de conduzir e orientar o processo pedagógico num momento tão delicado para o mundo.

Debate

Nesta segunda-feira (13), a partir das 16h, será realizado um debate sobre o modelo de aulas remotas que vem sendo implantado nas universidades federais durante a pandemia do novo Coronavírus.

Participam do encontro Oswaldo Negrão (ADURN-Sindicato e PROIFES-Federação), Nilton Brandão (presidente do PROIFES-Federação) e Raquel Nery (presidenta do APUB-Sindicato). O público pode acompanhar as análises dos três professores através do canal do Youtube do ADURN-Sindicato.

Após a transmissão Ao Vivo o vídeo ficará disponível para visualização no canal.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br