XVI Encontro do PROIFES: Delegação do ADURN-Sindicato avalia evento em reunião

Publicado em 12 de novembro de 2020 às 01h19min

Tag(s): Encontro Nacional PROIFES



Na última terça-feira, 10, a delegação que representou o ADURN-Sindicato no XVI Encontro Nacional do PROIFES-Federação realizou uma reunião de forma virtual para avaliar o encontro que reuniu remotamente cerca de 160 pessoas, entre os dias 4 e 6 de novembro, para discutir as ameaças à educação pública, as perspectivas sindicais e os principais temas de interesse e reivindicações dos professores das universidades e institutos federais.

Com uma delegação composta por dezessete professores, entre delegados e observadores, o ADURN-Sindicato teve uma intensa participação nos debates ao longo do encontro. Para o presidente da entidade, Wellington Duarte, a participação dos professores no evento é fundamental para que eles se sintam informados acerca do que a Federação pensa sobre o atual momento.

“O papel dos sindicatos federados frente às ameaças as universidades e institutos federais e ao serviço público de uma forma geral é a nível local estabelecer um amplo debate com os professores informando-os da situação, conversando com a comunidade local, que também precisa ser convencida da necessidade da defesa das universidades institutos federais e no âmbito nacional os sindicatos federados devem dar suporte para a Federação participar dos grandes movimentos de resistência e da atuação parlamentar”, afirmou Wellington Duarte.

Este ano, sete dos dezessete membros da delegação do ADURN-Sindicato são da carreira do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, incluindo a vice-presidenta da entidade, Gilka Pimentel. A docente falou sobre a necessidade de trazer os professores do EBTT para essas discussões, “temos que pensar quem são os professores, onde eles estão e como o PROIFES pode se aproximar, estreitar e ampliar essa base em articulação à carreira EBTT”, pontuou Gilka.

O docente Sérgio Prudente (Facisa), que participou do evento na condição de delegado, considera o XVI Encontro Nacional do PROIFES um encontro de circulação da palavra. “Os cinco eixos são muito precisos e tratam de reflexões ético-políticas que situam a universidade e seus trabalhadores na nossa sociedade. Esse encontro mais do que um debate de questões me parece um espaço de escuta, na medida em que podemos considerar as falas apresentadas e o espaço para essas falas como elementos de transformação pela palavra em gestação, ou seja, são palavras que produzem sentidos e dão contorno a interditos provenientes dos desafios político-institucionais que a gente encontra hoje na universidade e na nossa sociedade”, disse.

As proposições feitas dentro dos cinco eixos de discussão do XVI Encontro Nacional do PROIFES-Federação foram avaliadas pelo conselho deliberativo da Federação e os documentos finais devem nortear a atuação do PROIFES e dos sindicatos federados até o próximo encontro. A cobertura completa do evento pode ser conferida aqui.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br