ADURN-Sindicato repudia tentativa de ressuscitar o "Escola sem Partido" no Estado

Publicado em 26 de novembro de 2020 às 11h55min

Tag(s): Nota da Diretoria



O ADURN-Sindicato vem a público lamentar mais uma tentativa de ressuscitar o movimento, já rechaçado pelo Judiciário, denominado de "Escola sem Partido". Desta feita, infelizmente, por um representante do povo, o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB), que através do Projeto de Lei 0291/2020, tenta esterilizar a administração pública na esfera da Educação.

As justificativas dadas pelo deputado são explicitamente baseadas no sítio de uma entidade que carece de reconhecimento por parte dos educadores e de suas entidades representativas e, por conseguinte, não deveriam respaldar o deputado sobre um tema já sepultado como inconstitucional e anti-democrático.

Diante disso, o ADURN-Sindicato espera que os senhores deputados estaduais, em nome dos princípios da administração pública, pelo espírito republicano e pelo zelo à Democracia, derrotem mais essa tentativa de ressuscitar esse movimento tão danoso à educação.

O Sindicato reitera seu compromisso na defesa de uma administração pública baseada nos princípios constitucionais já existentes e, nesse sentido,  consideram que remendos feitos de forma intempestiva devem ser repudiados por todos os educadores e agentes públicos.

A Diretoria

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br