Pesquisa avalia impactos do trabalho remoto para professores

Publicado em 12 de janeiro de 2021 às 21h18min

Tag(s): Pesquisa



A doutoranda Gilmara Barros e a mestranda Joana D’arck Guedes, do Programa de Pós-Graduação em Turismo (PPGTur), do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA/UFRN), estão em busca de voluntários para participarem de uma pesquisa sobre Qualidade de Vida no Trabalho Remoto dos Docentes. Os interessados podem ajudar respondendo o questionário online.  

A pesquisa quer ouvir professores de qualquer nível e/ou instituições de ensino, e tem como objetivo analisar a percepção deles quanto a Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) remoto frente ao período pandêmico da covid-19. A ideia é identificar a percepção dos professores sobre a QVT, os impactos dos indicadores diante do cenário atual, compreendendo que a qualidade de vida no trabalho reflete diretamente nos resultados gerados e está ligada à produtividade, saúde, satisfação do funcionário e imagem da instituição. 

Gilmara e Joana D’arck  explicam que “2020 foi um ano atípico e trouxe inúmeros desafios quanto ao ensino, tornando-o remoto e modificando a rotina de trabalho dos docentes. Sabendo da importância da Qualidade de Vida no Trabalho quanto ao bem-estar físico e mental do trabalhador, nossa intenção é coletar dados para uma análise relacionada à percepção dos docentes sobre QVT”.

Outras informações podem ser consultadas com as pesquisadoras através dos e-mails gilmarabarros@gmail.com ou kassiaguedes@gmail.com.

Fonte: UFRN

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br