Projeto José Costa Leite para sempre é finalista do Prêmio Benfeitoria de financiamento coletivo

Publicado em 07 de maio de 2021 às 11h35min

Tag(s): Cultura Museu Câmara Cascudo



O projeto José Costa Leite para sempre, que previa a compra e digitalização de todas as peças e a divulgação do acervo do artista nordestino pela internet, é um dos três finalistas do Prêmio Benfeitoria de financiamento coletivo na categoria “Cultura”.

Lançada em 2020, a ação promovida pelo Museu Câmara Cascudo (MCC) tinha como meta arrecadar 121 mil reais. Com êxito, a arrecadação final chegou a mais de 131 mil, ajudando a manter viva a obra do xilógrafo. A campanha, que contou com 297 benfeitores, teve o ADURN-Sindicato como um dos principais apoiadores.

O vencedor do Prêmio Benfeitoria será decidido por meio de votação popular. Para votar, basta acessar o site: http://premio.benfeitoria.com. Ao clicar em “Inspire-se e vote”, o usuário é encaminhado aos finalistas. Escola a opção “D” se desejar pular a primeira categoria e em seguida selecione o projeto José Costa Leite, na opção “B”.

José Costa Leite

Os primeiros trabalhos de Costa Leite foram lançados ainda no final dos anos 1940, com os cordéis Eduardo e Alzira e Discussão de José Costa com Manuel Vicente. Foi somente no terceiro título que Costa Leite decidiu improvisar a ilustração da capa em xilogravura. Dali para frente, não parou mais. Já nos anos 1960, seu trabalho de xilógrafo ganha status de obra de arte e passa a ser exposto em museus do Brasil e do exterior. Em 2005, participa de uma exposição no Musée du Dessin et de l’Estampe Originale de Gravelines, na França, onde também ministra oficinas sobre o seu trabalho. Em 2007, aos 80 anos, foi homenageado pelo Governo da Paraíba e recebeu o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. Atualmente o artista tem 93 anos.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br