No 15 de outubro, o ADURN-Sindicato reforça a importância dos professores e professoras e reafirma a sua luta pela valorização destes profissionais

Publicado em 14 de outubro de 2021 às 22h02min

Tag(s): Dia do Professor



Desde a década de 60, a data de 15 de outubro é reservada à celebração do Dia do Professor e da Professora no Brasil. Hoje, no entanto, os fatos escancaram a urgência de que as comemorações cedam lugar à luta pela valorização daqueles que, nos mais diferentes níveis, atuam formando cidadãos.

Desde o mês de abril, quando foi anunciado o Orçamento 2021, já tínhamos informações suficientes para traçar o cenário desastroso com o qual iríamos nos deparar nos meses seguintes: somados bloqueios e cancelamentos, o Brasil perderia mais de 29,1 bilhões, sendo a maior fatia retirada exatamente do Ministério da Educação.

No ano do centenário de Paulo Freire, Patrono da Educação Brasileira, o que temos visto, portanto,são sucessivos ataques aos professores que, a despeito de toda desvalorização humana e profissional, insistem em estimular o pensamento crítico, em educar para libertar, indo de encontro à essência antipedagógica e antidemocrática do atual Governo Federal.

Neste embate, nota-se um esforço por parte do presidente Jair Bolsonaro em censurar a figura docente, com frequência rotulada como doutrinadora. Em meio à pandemia da Covid-19, enquanto tais profissionais se desdobram para lidar com novas tecnologias e combinar as diferentes rotinas do ensino híbrido, o governo optou por se juntar aos que afirmam que os educadores estão, na realidade, em um longo período de férias.

Precisamos ficar atentos! Sem que haja respeito à figura do educador e da educadora e condições mínimas para que exerçam seus papeis com segurança, a formação cidadã das próximas gerações está ameaçada; o futuro do nosso país está em jogo.

Diante disso, neste 15 de outubro o ADURN-Sindicato enaltece e reforça a importância do papel do docente, reafirmando a sua posição de luta pela valorização dos professores e professoras, e, logo, de enfrentamento ao atual Governo Federal.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br