URGENTE! Servidores aposentados da UFRN que não realizaram a prova de vida devem comparecer ao DAP nesta segunda-feira (17)

Publicado em 14 de janeiro de 2022 às 19h25min

Tag(s): Aposentados



No final da tarde desta sexta-feira, 14, o ADURN-Sindicato tomou conhecimento de que a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foi surpreendida por uma decisão do Governo Federal, que diz respeito ao corte do salário, referente ao mês de janeiro, de todos os servidores aposentados da universidade que não realizaram a prova de vida. 

Para que não haja o corte, os docentes, técnicos administrativos e pensionistas que se encontram nesta situação devem procurar o Departamento de Administração de Pessoas da UFRN (DAP), localizado no prédio da reitoria, na próxima segunda-feira, 17, no horário das 8h às 17h, para realizar a prova de vida. 

De acordo com informações da UFRN, atualmente, quase 550 aposentados e pensionistas da universidade ainda não realizaram o procedimento. A pró-reitora de gestão de pessoas, Mirian Dantas, que coordena o Fórum Nacional de Pró-Reitores de Gestão de Pessoas (Forgep), tentou negociar com o governo no sentido de prorrogar o prazo, mas não obteve sucesso.

A diretoria do ADURN-Sindicato considera a decisão pelo corte dos salários mais uma medida irresponsável e desumana do Governo Bolsonaro, tendo em vista que neste momento além da pandemia, enfrentamos um surto do  vírus da Influenza A, subtipo H3N2, cujo um dos principais grupos de risco são os idosos. 

Apesar disso, como não há perspectiva de mudança na decisão, orientamos a todos os docentes aposentados que ainda não fizeram a prova de vida, para que, na segunda-feira (17), compareçam ao DAP, a fim de garantir a continuidade do recebimento de suas remunerações. Para sanar eventuais dúvidas dos servidores aposentados, a UFRN disponibilizou dois contatos: o e-mail aposentados@reitoria.ufrn.br ou o telefone (84) 99193-6372.

 

*Com informações da Agecom/UFRN

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br