SBPC divulga nota em solidariedade aos profissionais ameaçados pelo negacionismo

Publicado em 20 de janeiro de 2022 às 09h50min

Tag(s): Ciência Pandemia de coronavírus



“Neste momento, quando recrudesce o número de casos e a hospitalização ameaça tornar-se crítica, com a possível superlotação dos leitos, bem como se esgotam os testes disponíveis para detecção adequada da covid-19, mais do que nunca é preciso apelar à prudência, como têm feito os drs. Margareth  (Dalcolmo), Pedro (Hallal) e vários outros profissionais, honrando a categoria e as instituições a que pertencem, sempre de acordo com a ciência e suas evidências”, afirma no documento

Veja a nota na íntegra abaixo.

EM SOLIDARIEDADE AOS PROFISSIONAIS AMEAÇADOS PELO NEGACIONISMO

Perante os ataques sucessivos a cientistas respeitados – entre eles, os drs. Margareth Pretti Dalcolmo e Pedro Hallal – por parte de quem nega ou minimiza os riscos de se alastrar ainda mais a pandemia da covid-19, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC  vem prestar sua solidariedade a esses notáveis profissionais, que não têm medido esforços no combate à pandemia, salvando vidas, além de alertar, pelos jornais e pela mídia em geral, para os cuidados que devem ser tomados para a proteção dos cidadãos brasileiros.

Neste momento, quando recrudesce o número de casos e a hospitalização ameaça tornar-se crítica, com a possível superlotação dos leitos, bem como se esgotam os testes disponíveis para detecção adequada da covid-19, mais do que nunca é preciso apelar à prudência, como têm feito os drs. Margareth, Pedro e vários outros profissionais, honrando a categoria e as instituições a que pertencem, sempre de acordo com a ciência e suas evidências.

São Paulo, 19 de janeiro de 2022.

Renato Janine Ribeiro

Presidente da SBPC

Veja o PDF.

Fonte: SBPC

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br