Adufg-Sindicato e Proifes-Federação participam de ato para exigir abertura imediata de negociações salariais

Publicado em 13 de maio de 2022 às 09h05min

Tag(s): Proifes-Federação



Entidades estão mobilizadas para obter a reposição emergencial de 19,99% para todas as categorias do funcionalismo

Representantes do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) e da Proifes-Federação participaram nesta quinta-feira (12/05), em Brasília (DF), de mobilização para cobrar do Governo Federal a abertura imediata das negociações por reajuste salarial para servidores públicos. Na ocasião, os manifestantes buscaram resposta em relação à pauta entregue pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e que ainda não foi analisada.

O presidente do Adufg-Sindicato, professor Flávio Alves da Silva, esteve presente no ato público. Ele lembra que a entidade, em parceria com a Proifes-Federação e outras entidades que compõem o Fonasefe, está em mobilização permanente, desde o dia 18 de janeiro, com o propósito de obter a reposição emergencial de 19,99% para todas as categorias do funcionalismo público federal. A categoria está há mais de 5 anos sem receber qualquer tipo de reajuste. “Precisamos intensificar a mobilização. Não dá mais para suportar essa perda inflacionária que nossa categoria acumulou durante cinco anos. Enviamos uma proposta sobre o assunto e ela sequer entrou em pauta. Porém, nossa luta é permanente. Precisamos conter tantos desmontes vindos do Governo Federal”, disse o professor.

Além dele, estiveram presentes pelo Adufg-Sindicato: o diretor administrativo, professor João Batista de Deus; a diretora de Assuntos Educacionais, de Carreira e do Magistério Superior, professora Geovana Reis; e o diretor de Assuntos Interinstitucionais, professor Luís Antônio Serrão Contim.  

Fonte: Adufg-Sindicato

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br