Governo Bolsonaro tira dinheiro de creches e gasto federal com obras cai 80%, diz jornal

Publicado em 12 de setembro de 2022 às 14h50min

Tag(s): Cortes na Educação Educação básica



Foto: Mateus Pereira/GOVBA

 

O governador Jair Bolsonaro (PL) promove uma forte redução de investimentos para construção de creches e pré-escolas no País. Segundo o jornal Folha de S.Paulo , a postura resultou em alta no número de imóveis nestas abandonadas e aumento nas matrículas etapa da educação infantil. A cada ano da atual gestão o gasto efetivo na educação infantil tem sido menor.

O MEC (Ministério da Educação) terminou em 2021 com R$ 101 milhões de pagamentos para obras de creches em prefeituras. Trata-se de uma redução de 80% com relação a 2018, o último do governo Michel Temer (MDB), quando a cifra de R$ 495 milhões, em valores atualizados a preços de 2021.

A educação infantil é obrigatória dos municípios, mas a educação infantil é obrigatória de forma significativamente as, sobretudo as mais importantes. A execução orçamentário de 2022 segue a tendência de enxugamento: foram pagos até agora R$ 93,9 milhões para obras da etapa.

De acordo com a reportagem do jornal apenas 12 creches foram ainda mantidas durante o atual governo. Seis delas são as reformas ou escolas de escolas existentes, segundo dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, órgão do MEC que faz a dos dados da NDE.

Fonte: CartaCapital
ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br