Residente do Huol é finalista de prêmio nacional

Publicado em 24 de novembro de 2022 às 11h03min

Tag(s): Educação Premiação UFRN



A médica Iolanda Cavalcante Carvalho, residente em Anestesiologia do Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol-UFRN), foi finalista da 2ª edição do Prêmio União Química de Incentivo à Pesquisa em Anestesiologia na Categoria 1 – Projeto. Intitulado Avaliação do bloqueio do plano do músculo transverso do tórax guiado por ultrassom em cirurgia cardíaca: ensaio clínico randomizado, o trabalho contou com a participação de preceptores, outros residentes e graduandos.

A premiação é uma iniciativa do laboratório químico-farmacêutico brasileiro União Química, com o apoio da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA), e tem como finalidade reconhecer médicos em especialização por sua produção científica e pela contribuição para a evolução da prática anestésica.

O projeto finalista se trata de um ensaio clínico randomizado com previsão de três anos de recrutamento em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. O objetivo da pesquisa é avaliar se a anestesia aplicada reduzirá a dor em pacientes do pós-operatório, bem como se impactará na redução do consumo de opióides, como a morfina. A pesquisa já está em andamento, no Huol, nos pacientes que preenchem os critérios de elegibilidade.

O estudo faz parte de um conjunto de iniciativas do grupo de pesquisa da Anestesiologia do Huol, coordenado pelo professor Wallace Andrino, docente de Anestesiologia da UFRN e coordenador da Residência de Anestesiologia do Huol. O grupo é formado por médicos anestesiologistas, servidores, residentes em Anestesiologia, alunos da graduação de Medicina e professores da UFRN. As atividades de pesquisa estão em crescente expansão nos últimos três anos, período em que houve o credenciamento da Residência Médica junto à Sociedade Brasileira de Anestesiologia.

“Essa premiação nos deixa orgulhosos da residência médica e da nossa instituição. É um destaque nacional, no qual concorremos com centros universitários cujos programas de residência contam com grande estrutura de ensino e incentivo à pesquisa. Além disso, esse reconhecimento serve de estímulo para os demais médicos residentes, alunos da graduação, preceptores e professores. Estamos no caminho certo”, comemora o coordenador.

A finalista do Prêmio União Química, Iolanda Cavalcante Carvalho, compartilha a conquista com os demais envolvidos. “Participar do prêmio foi muito gratificante e fiquei extremamente feliz com a conquista. É um reconhecimento do trabalho que vem sendo construído por todos que compõem o serviço, especialmente nossos coordenadores e professores, sempre empenhados em fazer a residência crescer”, declara Iolanda.

 

Fonte: portal da UFRN 

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br