UFRN lança campanha Janeiro Branco 2023

Publicado em 09 de janeiro de 2023 às 11h11min

Tag(s): Campanha Psicologia UFRN



O Serviço de Psicologia Aplicada (Sepa) lançou a edição 2023 da campanha Janeiro Branco, que é um movimento social nacional dedicado à construção de uma cultura da saúde mental na humanidade. As ações de conscientização acontecem de 12 a 31 de janeiro e as inscrições podem ser realizadas pelo Sigaa. A Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor (DASS) e o Instituto do Envelhecer (IEN) também participam desta parceria, que não se limita à comunidade universitária, mas se estende a todo o público.

Nesta oitava edição, o Janeiro Branco/UFRN irá oferecer rodas de conversa, palestras, oficinas de mandala e apresentação de filmes em formato remoto e presencial. Serão nove atividades abertas para o público interno e externo, sendo duas em formato virtual. A partir do dia 10 de janeiro, serão disponibilizados vídeos no perfil do projeto no Instagram (@janeirobranconaufrn) com tutorial para inscrição dos interessados no Sigaa e, no dia 11, sobre a importância da saúde mental e da campanha no início do ano. 

Durante as atividades, serão trazidos temas a exemplo das formas de autocuidado, prevenção e promoção à saúde mental e bem-estar, como a neurociência e o desenho de mandalas podem ajudar no bem-estar psíquico e como o cinema pode proporcionar espaço de diálogo e reflexão sobre o cotidiano.

Sabendo que cada contexto histórico e social carrega consigo prescrições a respeito da tarefa de educar crianças e adolescentes, uma das ações é direcionada especialmente para pais de crianças e adolescentes, pretendendo debater o acesso generalizado às tecnologias e à repercussão nas relações humanas. 

Em outra roda de conversa, o tema será o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em adultos. O assunto costuma receber atenção especial quando se fala em crianças, no entanto, adultos não diagnosticados na infância podem ter comportamentos que afetam relacionamentos, rendimento escolar ou profissional.

Outros temas trazidos são: memorizando direitos, direcionada especialmente para idosos e cuidadores; deficiência intelectual em crianças com síndrome de Down, que pretende proporcionar conhecimento sobre o potencial dessas pessoas; e quando a tristeza bate em minha porta: será que estou deprimida?, momento em que os participantes serão convidados a refletirem sobre o humor e pensar qual a diferença entre ficar triste e ter um diagnóstico de depressão.

Cuidados com a mente
Este ano o tema nacional da campanha é Quem cuida da mente cuida da vida. O objetivo é chamar a atenção dos indivíduos, das instituições, das sociedades e das autoridades para as necessidades relacionadas à saúde mental. Segundo o Instituto Janeiro Branco, que coordena o movimento nacional, “o primeiro mês do ano inspira as pessoas a fazerem reflexões acerca das suas vidas. A cor branca foi escolhida por, simbolicamente, representar ‘folhas ou telas em branco’, sobre as quais podemos projetar expectativas, desejos, histórias ou mudanças com as quais sonhamos e as quais desejamos concretizar”.

As inscrições e a emissão de certificados serão realizadas pelo SIGAA. Mais informações podem ser obtidas pelo email janeirobranconaufrn@gmail.com ou no Instagram do Janeiro Branco UFRN.

 

Fonte: portal da UFRN

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br