IEAL e movimento sindical internacional repudiam atos golpistas ocorridos no Brasil

Publicado em 12 de janeiro de 2023 às 10h44min

Tag(s): Democracia Nota Proifes-Federação



 

Em resposta aos atos golpistas e criminosos que aconteceram em Brasília no último domingo (08) a IEAL – Internacional de Educação da América Latina e o movimento sindical internacional repudiaram a tentativa de golpe manifestando apoio ao governo Lula, eleito democraticamente.

O PROIFES-Federação recebeu da IEAL carta de repúdio afirmando ser necessária a defesa da democracia no Brasil e de suas instituições na América Latina. “O governo brasileiro deve abrir precedente ao processar judicialmente todas as pessoas envolvidas nesta tentativa de golpe promovida pela extrema direita neofacista-bolsonarista”, afirmou a IEAL que convocou todos os seus sindicatos de educação afiliados na América Latina para que se manifestem contra a tentativa de golpe sofrida.

O Presidente Nacional da ASPU – Associação Sindical de Professores Universitários da Colômbia, Pedro Castillo repudiou os ataques e se solidarizou com o povo brasileiro. “Minha solidariedade ao povo brasileiro, as organizações políticas do Governo Lula e as organizações sindicais do Brasil em particular o PROIFES – Federação e CNTE”, afirmou o presidente.

A CTERA – Confederação Nacional de Trabalhadores da Educação da Argentina também repudiou veementemente a tentativa de golpe expressando apoio absoluto ao povo brasileiro, aos trabalhadores do Brasil e ao Presidente Lula. “Desde a nossa organização juntamente com a CTA nos solidarizamos e nos colocamos à disposição para defender a democracia e a vontade popular”, afirmou a entidade.

A União Nacional de Educadores – Sindicato Nacional do Paraguai, também declarou seu apoio. “Exortamos o povo brasileiro a não cair em manipulação grosseira e a respeitar e fazer respeitar o que civilmente expressaram nas urnas e lutar para que as instituições democráticas continuem fazendo seu trabalho, aderindo a Constituição e as leis”, afirmou o presidente da entidade, Eladio Núñez.

Além das entidades citadas, também emitiram documento de apoio à democracia entidades da Espanha, Portugal, Uruguai, Honduras, El Salvador, Estados Unidos, Austrália, Costa Rica e Chile.

Documento disponível para download http://www.proifes.org.br/wp-content/uploads/2023/01/Rechazo-intento-golpe-de-estado-en-Brasil-3-1.pdf
 
Fonte: PROIFES-Federação
ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br