UERN e UFRN recebem Selo ODS Educação por equidade de gênero na gestão pública

Publicado em 13 de março de 2023 às 14h03min

Tag(s): Gênero UFRN



 

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e a Universidade Federal do RN (UFRN) receberam o Selo ODS Educação, promovido pelo Programa Estratégico UnB 2030, pelo Instituto Selo Social e pelo GT Agenda 2030.

A Uern recebeu o reconhecimento pela ação na iniciativa 5, equidade de gênero. A reitora Cicília Maia participou da solenidade e comemorou a premiação.

“Estamos felizes! Que bom que nossas ações pela equidade de gênero estão sendo reconhecidas. E receber esse prêmio na semana da mulher torna este momento ainda mais significativo, um passo importante que nossa Universidade dá na construção de uma Uern cada vez mais socialmente referenciada, inclusiva e includente”, afirma Cicília Maia.

Em 2021, no início de sua gestão, a reitora encaminhou ao Conselho Diretor proposta de resolução para garantir que pelo menos 50% dos cargos de gestão superior ligados à reitoria fossem ocupados por mulheres. A resolução foi aprovada pelo Conselho. Hoje, 56% dos cargos e funções da Uern são ocupados por mulheres, salvo cargos eletivos.⁣ Além disso, a Uern tem criado outras ações importantes como a Política de Prevenção e Enfrentamento das Violências Contra as Mulheres, o auxílio-creche para estudantes com filhos, e a criação da Diretoria de Ações Afirmativas e Diversidade.

Ao todo, 17 instituições de ensino foram certificadas. Do Rio Grande do Norte, receberam o Selo a Uern e a UFRN. A assessora de Transparência e Governança da Uern, profa. Jéssica Figueiredo, acrescenta que essa iniciativa poderá servir de exemplo: “Inclusive uma inspiração para outras instituições e órgãos, para que possam gerar mais oportunidades e respeito ao potencial das mulheres”, afirmou.

SELO ODS – A iniciativa busca reconhecer os projetos que contribuem com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), além de estimular a participação das unidades de educação em iniciativas que auxiliem no alcance das metas da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU). Os certificados serão entregues em uma cerimônia no Centro Cultural ADUnB, que será realizada no dia 9 de março.

Nesta primeira edição, foram identificados 241 impactos sociais, por meio de 126 projetos desenvolvidos por unidades de ensino públicas e privadas. A participação foi on-line e gratuita, e os participantes tiveram que atender a critérios como cadastrar projetos na plataforma nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e gestão, promover atividades/espaços de discussão sobre ODS na instituição, além de demonstrar a contribuição na melhoria do ODS 4 – Educação de qualidade.

Instituições certificadas:

Públicas:

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IFFAR)

Privadas:
EcoHabitare Consultoria e Projetos Educacionais
Universidade do Vale do Itajaí (Univali)
União Maringaense de Ensino (UniFCV)
Universidade Veiga de Almeida (UVA)
Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Fonte: Saiba Mais

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br