Funcionários da UnB decidem voltar à greve

Publicado em 29 de setembro de 2010 às 11h37min

Tag(s): CNTE



Dúvidas sobre a possibilidade de pagamento da Unidade de Referência e Padrão (URP) e sobre a restituição das parcelas retiradas dos salários dos servidores técnico-administrativos da Universidade de Brasília (UnB) resultaram em nova greve após assembleia realizada ontem. A decisão dos servidores aconteceu após a Advocacia-Geral da União (AGU) emitir parecer que garantia o pagamento da URP para todos os funcionários. O problema é que não houve especificação sobre quando os pagamentos atrasados seriam depositados, sendo que a determinação da ministra Carmen Lúcia Rocha, do Supremo Tribunal Federal (STF), no mês passado, dizia que a restituição deveria ser feita imediatamente. Segundo o Ministério da Educação, a decisão só tem efeito para os servidores da UnB e não vale para outras universidades federais. Uma nova assembleia será realizada amanhã para rever os rumos do movimento. Até lá, só a biblioteca da instituição ficará fechada.

CNTE -

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br