Congresso deve propor reformas política e tributária

Publicado em 28 de janeiro de 2011 às 10h30min

Tag(s): Congresso



O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) disse hoje que caberá ao Legislativo a missão de formular propostas para as reformas tributária e política. Segundo o petista, o começo da legislatura é um momento oportuno para a discussão do tema, sobretudo diante da convergência da base governista e da oposição sobre a urgência das duas reformas.
“Sabemos que estes dois temas são uma prioridade para a presidente Dilma [Rousseff], mas é importante ressaltarmos que esta é uma missão para o parlamento e não para o Executivo resolver”, afirmou Teixeira, que assume no lugar do deputado Fernando Ferro (PT-PE), em fevereiro, o cargo de líder do PT na Câmara.
"Temos que aproveitar essa grande oportunidade de convergência para dar conta desta importante pauta para o país", acrescentou o deputado petista. No entanto, o líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), já disse em outras ocasiões que reformas estruturantes não devem entrar na pauta do Congresso Nacional numa primeira etapa.
Na campanha presidencial, a presidente Dilma Rousseff disse que as duas reformas seriam uma prioridade do seu governo. O Executivo, porém, se vê envolvido na discussão de projetos que podem provocar rachas na base governista.
Esse é o caso, por exemplo, do reajuste do salário mínimo, que apesar de ter sido anunciado pelo ministro da Fazendo, Guido Mantega, em R$ 545, ainda será analisado pelos parlamentares.
Valor
 

ADURN Sindicato
84 99112-8841 • secretaria@adurn.org.br