Engenharia Civil e Sanitária

Engenharia Civil e Sanitária

Entrevista em 13 de julho de 2010

Luiz Pereira de Brito formou-se em Engenharia Civil na Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (1978); cursou Mestrado em Engenharia Química na Universidade Federal de Campina Grande - UFCG (1982); Doutorado na Universidade Politécnica de Madri (1997), durante o qual desenvolveu a tese sobre o ‘Reuso urbano de esgoto tratado’; e Pós- Doutorado na Universidade Politécnica da Catalunha, em Barcelona, Espanha, onde realizou um trabalho de acompanhamento da experiência espanhola na reutilização planejada de esgoto tratado na região da Costa Brava Espanhola.
Como estudante de graduação, Luiz Pereira de Brito foi o primeiro presidente dos residentes universitários do Campus da UFRN, e trabalhou como professor de cursinho pré-universitário. Logo após a graduação, passou no concurso para docente da antiga Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte - ETFERN, onde ensinou menos de um mês por ter sido aprovado no concurso da UFRN em regime de dedicação exclusiva, para ministrar as disciplinas ‘Mecânica Geral II’ e ‘Fenômenos do Transporte’.
Na academia, Luiz Pereira também atuou, entre 1983 e 1987, como Pró-Reitor Adjunto de Assuntos Estudantis, e entre 1991 e 1993, como Pró-Reitor Titular da mesma pró-reitoria. A partir do mestrado, estruturou as linhas de pesquisa nas áreas de ‘Reuso de esgoto, qualidade das águas e avaliação de impactos ambientais’ – área na qual trabalha até hoje.
Em 2005, Luiz Pereira passou a lecionar as disciplinas ‘Tratamento de esgoto sanitário’ e ‘Limpeza Pública’; em 2010, foi aprovado e classificado no concurso para professor titular do Departamento de Engenharia Civil, na área de Engenharia Sanitária.
Ainda em 1998, Luiz Pereira iniciou seus trabalhos como docente permanente do ‘Programa de Pós-Graduação em Engenharia Sanitária’, no qual coordena a base de pesquisa ‘Estudos da poluição ambiental’ e ministra as disciplinas ‘Índices e indicadores ambientais’, ‘Avaliação de impactos ambientais’ e ‘Tópicos especiais em saneamento ambiental’.
Junto a esta base de pesquisa, o professor desenvolveu vários projetos entre os quais destaca-se o ‘Programa de Pesquisa em Saneamento Básico’ (Prosab). O Prosab, segundo o pesquisador, “visa à remoção de nitrato em água de abastecimento, através de uma câmara anóxica, que é a unidade de tratamento onde a ausência de oxigênio faz com que as bactérias presentes no meio aquático busquem oxigênio no nitrato\".
 


Mais entrevistas
ADURN Sindicato
84 99112-8841 • secretaria@adurn.org.br