Políticas Públicas

Políticas Públicas

Entrevista em 13 de setembro de 2010

A professora Maria do Livramento Miranda Clementino pode ser encontrada no Departamento de Políticas Públicas da UFRN. Ela foi uma das idealizadoras desse espaço que abriu a primeira turma de graduação em Gestão em Políticas Públicas, no segundo semestre de 2009.
Graduada em Sociologia e Política pela Fundação José Augusto, desde 1973, em Ciências Econômicas, desde 1975, e em Ciências Sociais, desde 1977, essas últimas pela UFRN, a professora iniciou sua vida profissional na Universidade ministrando a disciplina ‘Planejamento econômico e social’, a partir de 1979, sendo efetivada no Departamento de Ciências Sociais onde permaneceu por 30 anos.
Em 1985, Maria do Livramento Clementino concluiu o mestrado em Sociologia no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – IFCH da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, em Campinas (SP). Em 1990, conclui o doutorado em Economia, também na Unicamp, com pós-doutorado na Université Lumière Lyon2, França.
Desde 2009, a docente foi remanejada para o Departamento de Políticas Públicas onde se tornou Chefe de Departamento e exerce o cargo até hoje. Antes disso, ainda no departamento de Ciências Sociais, ela coordenou o Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais, de 1995 a 1997, e foi diretora do CCHLA, de 1999 a 2003.
Como Chefe de Departamento, além de implantar o curso de Gestão e Políticas Públicas, ajudou a criar o Programa de Pós Graduação em Estudos Urbanos e Regionais, com a primeira turma aberta em 2010. “Em 2004, nós criamos o Núcleo de Apoio a Políticas Públicas, o NAAP, e essa experiência foi o esteio para concretizar a proposta de implantação do Departamento”, informou Maria do Livramento.
Quando questionada sobre as pesquisas que ela participa atualmente, deu destaque a duas delas. O projeto ‘Mapa Social: território e desigualdade’, financiado pelo CNPq e pela Fapern como núcleo Programa Nacional de Excelência – Pronex. A pesquisa iniciou em 2008 e tem extensão na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte – UERN, de Mossoró, junto ao Departamento de Gestão Ambiental.
E o projeto ‘Território, coesão social e governança democrática’ do Núcleo Natal do INCT: observatório das metrópoles. Este grupo envolve vários centros e departamentos da UFRN e é um dos 12 nacionais que estudam essa temática. “Aí estão contidos quatro eixos de pesquisa e projetos que são importantes para o RN, pois envolve questões que são referentes a temáticas locais, como, por exemplo, um estudo sobre os condomínios fechados da cidade ou sobre o monitoramento dos investimentos para copa de 2014”, declarou.


 


Mais entrevistas
ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br