Pais abraçam NEI e assinam manifesto em defesa da Escola e de seus professores

Publicado em 04 de outubro de 2016 às 11h44min

Tag(s): NEI



“Não estamos aqui para defender Partido, mas a bandeira do NEI, uma Escola que merece nosso carinho e respeito por trabalhar de forma livre, consciente, pública e inclusiva”. A afirmação é de Joás Ferreira de Andrade, pai de dois alunos do Núcleo de Educação da Infância (NEI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e foi dada em ato realizado por pais, ex-alunos e amigos da Escola na manhã desta terça, 4, em defesa do Núcleo.

A ação, segundo Márcia Souza, mãe de uma aluna do Colégio de Aplicação, foi motivada pelas denúncias de doutrinação na escola e que levaram o deputado federal Rogério Marinho (PSDB) a entrar com pedido de investigação no Ministério Público Federal (MPF). Indignados com as acusações, os pais se mobilizaram através das redes sociais e criaram o movimento “Que Escola é Essa?”, passando a utilizar as hashtags #SomosTodosNEI e #EuApoioONEI. Além do abraço à Escola, foi lançado um manifesto em defesa do Núcleo e dos seus professores, que está em fase de coleta das assinaturas.

Para os pais, as ações realizadas pelo NEI na paralisação do dia 22 de setembro em defesa da educação pública e de qualidade são legítimas e “respeitaram tanto as crianças, que separa um tempo para explicar-lhes por que, em um dia em que deveria ter aula, essa aula não ocorrerá na escola, mas na rua”, ressaltam em carta à sociedade potiguar.

\"Hoje eu sou aluno do IFRN e, como tudo na vida, nós precisamos de um alicerce. O meu alicerce com certeza é, e sempre será, o NEI. Então é por isso que hoje eu estou aqui. Eu apoio ao NEI e por mais escolas como esta, sou contra a PEC 241\", afirmou Bernardo Leitão da Costa Pinho, ex-aluno do NEI e hoje, aos 16 anos, aluno do IFRN.

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br