Diretoria do ADURN-Sindicato rechaça proposta de Reforma Administrativa encaminhada ao Congresso

Publicado em 04 de setembro de 2020 às 17h24min

Tag(s): Nota da Diretoria Reforma Administrativa



Alvo recorrente de ataques, o servidor público volta a ser penalizado pelo governo Bolsonaro desta vez com a Proposta de Emenda Constitucional da Reforma Administrativa (PEC 32/2020), enviada ao Congresso Nacional nesta quinta-feira (3).

Apoiada em um discurso falacioso de modernização, a proposta proíbe progressões automáticas - como as gratificações por tempo de serviço - abre caminho para o fim da estabilidade e propõe a redução do número de carreiras, o que na prática vai sucatear o serviço público e não modernizar, como tenta vender o governo.

A falácia da modernização cai ainda mais por terra quando observado que - apesar de ter sido anunciada como uma medida a ser implantada para os três poderes - juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores, ficam de fora das novas regras, tal qual aconteceu com a Reforma da Previdência.

Na tentativa de desmobilizar as categorias, o governo ainda adotou o discurso de que apenas novos servidores serão atingidos, o que não minimiza o fato de que as medidas representam a precarização do serviço público.

A diretoria do ADURN-Sindicato considera que, somada às limitações de gastos previstas pela Emenda Constitucional nº 95, a Reforma Administrativa encaminhada aos parlamentares se configura como mais um passo no processo de desmonte do Estado brasileiro e é lamentável que isso aconteça exatamente no momento em que o papel do servidor público se mostra ainda mais importante para a sociedade, frente à pandemia de Covid-19.

Diante disso, o ADURN-Sindicato rechaça a PEC 32/2020 e reforça o seu compromisso com a defesa do serviço público de qualidade. Ao lado das demais entidades representativas e da sociedade civil organizada, o Sindicato tomará todas as medidas de enfrentamento necessárias, para que a proposta seja barrada por deputados e senadores.

A diretoria do ADURN-Sindicato

ADURN Sindicato
84 3211 9236 • secretaria@adurn.org.br